Luísa DalArtesa

Luísa DalArtesa
Welcome

Sunday, June 22, 2008

Dejà-vu

DEJÀ-VU


Nos vidros estratégicamente espelhados
Tua imagem eu vi

Onde estive há tanto tempo
Mas onde não lhe conheci...
Nos reflexos de azul e lima
Tua lembrança ilumina
Quantas foram as coincidèncias
Que nos deram evidências...
Hoje estamos no mesmo pasto
Sob o mesmo sol e lua
E não há nada que destrua
Este nosso enlaçar
Vai e vem o tempo
Tantas situações
E no fim diz o destino
Somos um do outro
As mais lógicas razões...

1 comment:

  1. Sabe que este quadro tem sido visto em outros sites e blogs?
    Este tango foi um dos melhores que já fez.

    Um abraço do amigo, Derek.

    ReplyDelete